Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Algo sobre o tempo

Imagem
Já é outono. Eu já não percebo o tempo passar e, quando me dou conta mais uma estação está no fim. A vida exige que fechamos os olhos para os problemas, para os sentimentos e nos infiltramos no ritmo, acelerado e inquieto, da sobrevivência. Mas de repente, no sincronismo de uma canção ou num leve perceber do vento, nos damos conta que estamos imersos em um submundo paralelo. E é estranho esses momentos de "consciência". Sentir a realidade deturpando todas as expectativas que, sutilmente, nos propomos. Corremos... indiferentes à quem está à nossa volta, buscando uma satisfação pessoal que chamamos de "felicidade" (sem as aspas, para nos dar uma ideologia de realidade) e perdemos toda a glória do caminhar.  "Cada ano que se passa fica mais curto", eu ouvia isso em uma canção há dez anos atrás e chamava de exagero. Mas agora, percebo que não me permito mais sentir a leveza das manhãs nem a beleza dos luares... a vida exige e, aos tropeços, me adapto (fácil)…

A Esperança - Suzane Collins

Imagem
» Contém Spoilers
"Meu nome é Katniss Everdeen. Tenho dezessete anos. O meu lar é o Distrito 12. Participei dos Jogos Vorazes. Escapei. A Capital me odeia..." 
Katniss está a beira da loucura, depois de ser subjugada a diversos tratamentos com morfináceos no distrito treze. Após ser resgatada da arena ela foi levada aos cuidados desse distritos que, silenciosamente, há alguns anos, organizavam uma revolução para tomar o poder da Capital. O momento chegara, Katniss dera ao treze a chance que estavam aguardando ao ascender uma faísca de revolução entre os distritos na primeira vez que esteve na arena. 
O terceiro livro da triologia de Jogos Vorazes é surpreendente e cheio de reviravoltas. No entanto, Suzane dá um desfecho inusitado à trama. Tudo começa com a ascensão do distrito treze, com uma tecnologia surpreendente e recursos, embora restritos, suficientes para alimentar todos os sobreviventes do distrito doze, após ser destruído pela Capital. 
O resgate de Katniss da aren…

12 Anos de Escravidão fará parte do currículo escolar nos EUA

Imagem
Por: Carol Turck
As conquistas obtidas pelo filme 12 Anos de Escravidão, dirigido por Steve McQueen, estão indo muito além do reconhecimento pela sua qualidade cinematográfica. Além de ser indicado a nove Oscars neste ano, a National School Boards Association, uma organização sem fins lucrativos que busca a qualidade de ensino em escolas públicas dos EUA, também estabeleceu que o filme passará a fazer parte do currículo das escolas a partir de setembro deste ano, juntamente com o livro escrito por Solomon Northup, que inspirou o longa.
Para Montel Williams, porta-voz da National School Boards Association, a qualidade histórica do filme pode ser uma excelente ferramenta educacional para aproximar os estudantes de uma época dos EUA em que muitos erros foram cometidos e, assim, incentivá-los a não repeti-los e a buscar um futuro melhor e diferente.
O filme 12 Anos de Escravidão traz o ator Chiwetel Ejiofor, indicado ao Oscar de Melhor Ator Protagonista, no papel do próprio Solomon North…