Love In The Afternoon - Renato Russo

"É tão estranho, os bons morrem jovens"... é assim que se inicia uma das canções mais belas de Renato Russo, escrita quando seu amigo Luís faleceu após levar um tiro na porta de uma boate. A música foi lançada em 1993, no álbum "O Descobrimento do Brasil" e se tornou referência quando o assunto é morte, sendo uma das canções mais belas e completas sobre o tema. 
No livro Conversações com Renato Russo, 1997, o cantor diz-se surpreso com o sucesso emergente da canção, já que ele mesmo achou a expressão dos seus sentimentos sobre o ocorrido confusa, embora, com a ajuda de Bonfá, a poesia tenha ficado "tocante".
Curiosamente o título é o mesmo de uma comédia romântica dos Estados Unidos, produzida por Billy Wilder em 1957, mas o poeta nunca revelou se há qualquer ligação entre aquele e este "amor na tarde".
Cada verso da canção trás um traço de dor e saudade, oscilando entre a não compreensão da morte e o conformismo que beira o desespero da ausência, experimentado por todos aqueles que perderam alguém especial, mesclada com notas e acordes tristes e leves, impondo uma melodia suave à uma poesia instintiva.

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine