Algemas

Algemas invisíveis prendem minha alma
Estraçalhando meus pensamentos pelos momentos insanos da minha alma.
Me perco e me desvencilho caminhando por caminhos sórdidos
Flores mortas se espalham pela estrada
E de repente eu não quero mais continuar
Só não descobri ainda como voltar e trilhar outro caminho...

Postagens mais visitadas deste blog

O Solista: a arte que imita a vida.

Carnaval (Não Faz Minha Cabeça)

Mudanças