Sem Vida



E todos os sons de repente se tornam vazios
sem vozes nem melodias
canções mortas que um dia disseram algo...
E todas as ruas se tornam sombrias
estradas desertas que conduzem sempre ao mesmo horizonte
mórbido...
E já não há flores nos jardins
mesmo em primavera
já não há vida por aqui...
Tudo continua em seu devido lugar
mas meus olhos se tornaram cinzas de mais
para enxergar a vida sem você...

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine