Se

E se de repente eu só quiser teu cheiro
como aroma suave dos jardins em flores
se simplesmente implorar por teu beijo
se não esconder meu olhar em cores...

E se eu quiser me entregar a esse desejo
se de meu corpo te fizer prisioneiro
se minhas mãos se perderem no ensejo
e meus pensamentos forem mais que um devaneio...

Se insistir em seguir teus passos
se procurar desvendar seus segredos
e dos mistérios mais íntimos construir os laços
para nos unir e destruir nossos medos...

Se o seu sorriso eu sempre escolher
se todo sentimento eu quiser entregar
se eu disser o quanto preciso de você
se insistir em aprender a te amar...

Se simplesmente esse sonho viver
e que não seja eterno posto o que chama
mas que imite a voz do poeta ao dizer:
que seja infinito enquanto se ama...

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine