Sem Palavras




Hoje não tenho palavras para o que o coração deseja falar.
Talvez as palavras se percam no abismo entre os olhares que não se tocam mais,
que se projetam em direções tão distintas que até mesmo o coração
cego pelo amor
consegue enxergar o vazio que nos separa
e sentir o frio do seu abraço que um dia já me acalentou
como se nos braços de um anjo eu repousasse, mas hoje me congela até a profundidade da minha alma...

Postagens mais visitadas deste blog

Memórias do Heavy Metal - Mustaine

Top 10 - Personagens Literários

Não me esqueça