Meus Ecos

E a noite é mais vazia...

Caminho pelas ruas sombrias da cidade
não há nada nem ninguém nesta estrada
só os ecos da noite mórbida que voltam
e me instigam um desespero quieto e lento.
E só existem lembranças perdidas
que passeiam pela noite, na cidade adormecida.

E eis que os olhos se inundam nos pensamentos...
Poderia ter sido diferente
a noite poderia estar mais quente,
mas agora é o vento que sopra
e a brisa tem um perfume do que já foi
que me impacta no silêncio que se perde.

É tão real que posso sentir a presença
enquanto observo o vazio dos ecos...
Já não é a solidão que domina
e as palavras com peso do nunca
revelam momentos dispersos
que agora só existe na mente inquieta...
Momentos que não passam
e que não voltam...

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10 - Personagens Literários

Não me esqueça

Flores Caídas