Nem Mais Igual

faz minha cabeça
Então...
Eu vejo a vida pela janela
e nada é como eu pensei que fosse
o céu não é tão azul,
nem o sol tão amarelo...
Ou são meus olhos que estão cinza?
As coisas mudam de lugar e,
não mais que de repente os pássaros param de cantar
e tudo perde a beleza e a sintonia.
Há uma angústia no peito que sufoca
a voz, no telefone, não satisfaz
e um medo voraz e sedutor,
domina.
O silêncio é quase doente e
as palavras instigam solidão,
na confusão que misturam os sentimentos vazios
e lembranças antigas
que se desfazem na mente...
Nada é igual e
nem mais igual...
e o tempo está passando
assustador!

Postagens mais visitadas deste blog

Não me esqueça

Top 10 - Personagens Literários

Flores Caídas