Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência

Festival assim vivemos

Se tem algo que vale a pena prestigiar é a mistura de atividades sociais com cultura. O país clama por inclusão social, apesar de sermos uma nação miscigenada, o preconceito jorra por nossos poros exaustivamente e, por outro lado, precisamos de uma injeção de cultura nas veias para nos garantir maior interesse e conhecimento. Nenhum lugar melhor como o Rio de Janeiro para exemplificar esse contraste, no entanto o grupo Assim Vivemos leva ao local o 6º Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência. 

O projeto tem dez anos e acontece na cidade do Rio de dois em dois anos ampliando cada vez mais seu alcance e possibilitando que mais pessoas se beneficiem da experiência de conhecer, através dos filmes, histórias de vida inspiradoras e altamente transformadoras. Nesta edição, que começa na próxima quarta feira (21) serão exibidos 28 filmes inéditos no Brasil, entre documentários, ficção e animações.

Além dos filmes, haverá debates sobre surdez e comunicação, institucionalização de pessoas com deficiência e o autismo e seus desafios. O evento é idealizado por Lara Pozzobon e,embora o público seja predominantemente de pessoas da área de educação, educação especial, pedagogia, psicologia e psicanálise, as produções são desafiadoras e interessantes para o público em geral.

festival assim vivemos
Entre as atrações do festival, o documentário britânico Missão para Lars, merece destaque. A trama conta a história de Tom Spicer com síndrome do X frágil, causa mais comum de autismo, que é fã do baterista Lars Ulrich da banda Metallica. Com a ajuda dos irmãos, Kate e Will, ele começa uma aventura atrás da turnê da banda na esperança de conhecer seu ídolo. A aventura é cheia de obstáculos e complicações, com situações engraçadas sobre o cotidiano desse personagem com uma síndrome do Espectro Autista, que ao mesmo tempo vai além da questão da deficiência. 

Em outubro será a vez da cidade de São Paulo ser contemplada com o festival, sendo respeitada as mesmas programações e espero que em breve o grupo Assim Vivemos possa trazer essa arte para Belo Horizonte, ampliando o público e as oportunidades de conhecer mais de perto essas histórias magnificas traduzidas para o cinema. 

No site Assim Vivemos contém todas as informações dos filmes e programação do festival.

Comentários

  1. Tem um selo pra você lá no meu blog!
    http://meucarpediem.blogspot.com.br/2013/08/selo-amigos-do-inverno.html

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que iniciativa interessante esse festival, ne? Vou procurar saber sobre esse festival aqui no Rio.

    Gostei do texto.

    Abs.

    http://escondidin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine