4

O Menino de Pijama Listrado - John Boyne

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus.Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel,um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

É nesse contexto que John Boyne narra uma história de amizade e confiança baseada na inocência infantil. "O Menino de Pijama Listrado" é um romance, escrito em 2006 concluído, segundo o autor, em apenas três dias. O enredo relata a história de um menino, alemão, que não entende ao motivos da guerra e as diferenças entre si e os Judeus. Narrada entre os anos de 1942 e 1944, no auge do holocausto, a família de Bruno precisa deixar o conforto de sua casa (de 5 andares) em Berlim para se mudar para um novo local, distante e desconhecido. Bruno é o que mais sente o impacto dessa mudança, deixando para trás seus amigos e os "planos" que fizeram para férias e, ao deparar-se com o novo lar, ficou completamente decepcionado, colocando defeitos em tudo e deixando claro para a mãe que estava odiando tudo aquilo. Bruno passa o tempo mantendo-se longe da irmã, Gretel, que ele chama de "caso perdido" e, começa a explorar a casa e o jardim na procura de algo emocionante para fazer. 
Um dia Bruno, ao olhar pela janela, percebe que há pessoas vivendo do outro lado da cerca e o fato de usarem "pijamas" o tempo todo o intriga, no que  ele começa a questionar a mãe sobre tais pessoas. A mesma sempre desconversa e apenas o proíbe de se aproximar. Não satisfeito, Bruno conhece Shmuel em uma de suas 'explorações' pelo quintal e entre eles nasce uma amizade secreta e proibida, mas que, no decorrer dos dias, com as visitas de Bruno, cresce e aplaca a solidão do garoto. 
A simplicidade com que o autor escreve o livro é encantadora, ainda mais por se tratar de um tema tão pesado e sujo como o holocausto, mas em poucas páginas Boyne conseguiu capitular o tema sem chocar os leitores. Apesar de triste, é uma história pragmática, com um final incomum, retratando bem a ideia do autor de mostrar a inocência de uma criança, mesmo em tempos de guerras.
Em 2008 a trama foi adaptada para o cinema ganhando o Prêmio Britânico de Cinema Independente e do Festival de Cinema de Chicago.

O Menino de Pijama Listrado



4 comentários:

  1. Não li o livro ainda, mas assisti o filme, eu chorei muito, principalmente no final, um dia vou ler o livro também. Adorei sua resenha! :)

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li o livro... Mas o filme incrível, muito tocante!

    ResponderExcluir
  3. Um dos melhores livros que ja li, o filme também ficou muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Livro interessante! E muito emocionante! Faz tempo que não leio um livro!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.