24

Livro, Música e Café


Eu estava pensando se realmente vivemos em progresso. Hoje percebi o quão somos escravos das mídias e da tecnologia. Como meu modem está estragado e eu ainda não o arrumei, estou sem internet em casa. Como minha tarde rendeu! 

Voltei-me a velhos hobbies peguei um livro, um café e os fones, coloquei uma música calma e me distrai na leitura. Li por horas, até me distrair com as notas de uma canção qualquer... 

O interessante é que nem me dei conta do tempo passando, quando percebi, havia várias páginas viradas e um turbilhão de pensamentos processando as informações que estava recebendo. Depois de alguns goles de café e um cheiro suave de rua molhada. 

É, realmente acho que não estamos tanto em progresso assim. Pelo menos eu não estou. Deixo me escravizar pelas redes sociais, pela possibilidade de ser “ouvido” e visto por muitas pessoas ao mesmo tempo, deixei-me deslumbrar pelo vício da ociosidade e estava quase me esquecendo como o silêncio é confortável. Como a solidão é necessária e como uma música suave combina tão perfeitamente com um bom livro. Ali imóvel, imperceptível, no meu quarto, lembrei-me de tantos momentos bons que nem sabia que ainda existiam em minha mente e desfrutei do prazer de minha própria companhia... 

Livros e música, da forma que eu sempre apreciei. Pelo simples prazer de absorver cada nota e cada palavra destilada com um gosto aconchegante de café...

24 comentários:

  1. Realmente vendo por esse modo, vc tem toda razão no seu pensamento, somos atualmente escravos de muita hj e não percebemos..


    marretada.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Ah ler é tão bom, faz muito bem e nossa mente, é muito melhor do que ficar preso a internet.

    http://mulheresebonitas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O grande mal do século XXI é a necessidade de aparecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Victor.
      essa necessidade faz as pessoas terem atitudes estranhas diante de muitas coisas

      Excluir
  4. Sim! às vezes eu escolho ficar um tempo longe da internet para me descontaminar. /escrevo, leio, escuto musica, toco violão... qualquer coisa vale, mas o importante é viver a vida de verdade

    ResponderExcluir
  5. A Internet é uma grande aliada, mas acredito que na maioria das vezes ela se torna uma poderosa inimiga, e nos torna inimigos de nós mesmos.

    http://felipepalavrasperdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ler é bem melhor do que ficar na internet, é uma verdadeira aventura. Eu acredito que momentos como esse são essenciais na vida das pessoas porque as tornam mais conscientes do que acontece dentro delas. De vez em quando me desligo do mundo e me dou um momento de solidão e música!!! Beijos amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala amiga.
      A internet é uma boa ferramenta, mas tira muitas coisas de nós.
      Fico vendo as crianças de hoje, tudo com telefone na mão conectadas ao facebook... perderam a essência da infância.
      Tudo pode nos ser útil, se soubermos as dosagens certas.

      Excluir
  7. As coisas simples da vida estão bem embaixo dos nossos narizes e, às vezes nem percebemos!!!
    http://duo-postal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Realmente, somos escravos da tecnologia, mas depende para o fim que ela é utilizada, pode beneficiar muitas pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ela é bem útil...
      o problema é a falta de moderação ao usá-la. Como tudo na vida, tudo que é demais... é de mais!!!!

      Excluir
  9. Olá realmente quando se afastamos um pouco da Internet parece que vivemos outra vida!Temos lembranças que vem a mente!Adorei seu texto!Estou segundo e adorando o blog!Você poderia seguir o meu também?
    http://louquinhaporlivro.blogspot.com.br/
    EmyLu

    ResponderExcluir
  10. Como era bom ler livros e ouvir musicas de rádios. Agora estamos amarrados as redes sociais e a internet. Mas isso é bom por um lado e não por um outro né. Gostei do seu texto.

    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, claro que tem vantagens, mas as desvantagens do "progresso" é massante...

      Excluir
  11. Acredito que o avanço tecnologico é uma via de duas mãos, mas é fato, que, nas últimas duas décadas o avanço tecnológico trouxe inumeráveis vantagens para bilhões de pessoas e empresas em todo o mundo. É impossível não reconhecer os benefícios de controlar gastos no computador pessoal, pagar contas via internet, interagir com pessoas do outro lado do planeta, baixar filmes, jogar online... Mas em contra partida deixamos de lado coisas simples, como o ler um bom livro em uma tarde chuvosa, como vc mesma relatou, o contado humano o abraço. Acredito que sim, estamos progredindo e é justamente esse progresso que esta nos matando.

    Adorei seu texto, estou seguindo aqui

    Abraços

    http://rebobinandomemoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você colocou muito bem... Eu vejo os benefícios da internet e da conectividade... acho que seria impossível viver sem eles hoje em dia, pois facilitou muitos trabalhos que antes eram massantes.
      O que eu quis enfatizar, são as prioridades. Hoje, vemos que as pessoas priorizam a vida "virtual" esse é o problema... o exagero e o tempo que as pessoas dispõe para ficar na internet. Estamos sim progredindo, mas precisamos aprender a "dosar" o uso desse progresso.

      Excluir
  12. Ou, talvez, seja isso o progresso: ser escravizados por nossas próprias criações.
    Difícil aceitar, né mesmo? Mas pense, TUDO o que foi criado por nós mesmos, seres humanos, passa a ser, de alguma forma, tão essencial para muitos que não saberíamos mais o quanto, realmente, poderíamos ser diferentes.
    Nesse momento em que estivesse sem internet, por exemplo, usou do progresso da tecnologia de um tempo para ouvir as músicas que, antes, seriam bem mais gostosas se cantadas por você mesmo com algum instrumento de corda. O café foi, sem dúvidas, preparados sobre um fogão ou máquina dessas de fazer café...
    Já imaginou como seria "novidade" e divertido fazer café há uns 500 anos atrás?
    Enfim, não que seja de todo mal o progresso que temos até aqui, mas já nos tornamos escravos dele mesmo, concorda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lógico...
      como disse acima o problema não é o progresso e sim o uso inconsciente dele.

      Excluir
  13. Concordo com a tua reflexão,já fui muito viciado em internet,hoje já não sou tanto. Apenas uso o blog e leio noticias,as vezes entro no twitter e só. Facebook abandonei a muito tempo,isso é uma droga,facebook não deveria existir ! as pessoas deixam de ir na rua conhecer novas pessoas para ficar no chat,isso é muita idiotice --'

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.