Ausência

Sabe quando os olhos ardem
impedindo as lágrimas de rolar?
E, dentro do peito sufoca uma dor
mais profunda que a alma?
Quando os ruídos lá fora tornam-se mais densos que o silêncio
e todos os sons me remete a uma melodia...
Lembro-me de sua voz quando me dizias
destilando sonhos, inventando fantasias
havia tantos planos para contar...
Hoje o dia nasceu mais cinza,
como se de repente fosse teu olhar a razão do sol brilhar
faz uma manhã fria, uma estação sombria...
Será que realmente poderá me escutar?
Invento um sorriso enferrujado para esconder o medo
procuro estórias surreais para enganar a dor
e em silêncio a alma grita, declama poesia
por uma estrada sem flores e campos sem jardins...
Meus versos continuam sem dizer nada,é sempre a mesma monotonia
intentando em lhe dizer o quanto eu queria você aqui..

Comentários

  1. Seu sofrimento pode causar sofrimento nele. Fique feliz por ele estar melhor do que você. Não seja egoísta, pois que o é avesso ao amor que por ele sente.
    Literariamente falando, seu texto é bem bom! Continue escrevendo.
    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Sei bem o que é isso ;/

    Gostei do post, de verdade!

    Obrigada pelo comentario no Distracting Pages! Volte sempre querida!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oii flor , amo seus poemas,me indentifico com varios ,continua vc ta no caminho certo e obg pelos comentarios e visitas no meu blog é muito bom saber q alguem gosta do q vc faz

    Bjo

    ResponderExcluir
  4. é tão dificil vc estar passando por tanta dor vendo tudo tão cinza mas ter que dizer ver cores ,esboçar um sorriso como vc mesma disse
    As vezes eu não queria escrever queria só estar nos braços de alguém ,isso que vi aqui no seu post e adorei ,muito bom.Desculpra o desabafo kkkkkkkk
    bj
    http://algopoetico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Esses sentimentos, os mais profundos, são sempre os que nos inspiram a escrever os textos mais bonitos e mais sinceros. Desejo que as emoções, as escuras e as coloridas, continuem te motivando a escrever e escrever e escrever...

    Obrigada pela mensagem que me deixou no Bate-Coração. Fico feliz que tenha gostado do que escrevo. Seja sempre bem vinda ao meu blog!

    Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine