9

Sem Palavras




Hoje não tenho palavras para o que o coração deseja falar.
Talvez as palavras se percam no abismo entre os olhares que não se tocam mais,
que se projetam em direções tão distintas que até mesmo o coração
cego pelo amor
consegue enxergar o vazio que nos separa
e sentir o frio do seu abraço que um dia já me acalentou
como se nos braços de um anjo eu repousasse, mas hoje me congela até a profundidade da minha alma...

9 comentários:

  1. saudades de ler os seus sentimentos *_*

    (link no meu facebook porque o mundo tem que saber que você existe)

    :)

    ResponderExcluir
  2. Posso sentir a profundidade de seus sentimentos

    meu post vai te ajudar !

    vai lá o nome é superação !

    beijo

    ResponderExcluir
  3. gostei da poesia.. e gostei mais ainda do comentario daqui de cima.. show =)

    ResponderExcluir
  4. ÓTIMO BLOG

    http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ola, belo blog você tem. Parabéns, a sua maneira de escrever é muito interessante. Eu amo ler e escrever e no momento estou escrevendo um blog-book (escrevendo e publicando simultaneamente). Te convido a dar uma passadinha por lá, está bem no início, o quarto capítulo sai amanha 15/06/11. O nome do blog-book é “Illegitimate” e você pode seguir esse meu fantasioso romance pelo POET (Pages Of Erased Text) http://pagesoferasedtext.blogspot.com/
    Novamente, parabéns pelo blog. É ótimo.

    ResponderExcluir
  6. Olá, passando aqui pra dar uma conferida no seu blog (está ótimo) e para lembrar que está no ar o teaser do novo capítulo de “Illegitimate”. O capítulo completo está previsto para 28/06/11. Te vejo no POET http://pagesoferasedtext.blogspot.com/ Ate mais!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.