Dor





Não mais que de repente
todos os sonhos se perdem
todo o ar vai embora
e o silêncio sufoca...
As lágrimas turvam nos olhos apertados
e esbaforiam-me no quarto quieto,
não há como conter o desespero
quando a saudade se transforma em dor
e a dor não é mais que uma saudade,
eterna.

Comentários

  1. Às vezes controlamos tão bem isso... às vezes isso simplesmente nos controla!

    ResponderExcluir
  2. Essa dor que incomoda sei bem como é, só não sei como expressá-la tão genuinamente, com tanta intensidade, em poucas palavras.

    Minha admiração só aumenta, misto de inveja e paixão.

    Cada linha sua arranca um sorriso meu, mesmo que em sofrimento.

    Cada palavra sua ecoa em minha mente com tal força que me faz avançar.

    Fan incondicional, apaixonado por sua sensibilidade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.

Postagens mais visitadas deste blog

Armadilhas do Linkedin na busca de emprego

Palavras rasas sobre relações rasas.

Memórias do Heavy Metal - Mustaine