2

I Know..

faz minha cabeça
Eu sei...
Não adianta querer correr atrás das borboletas no jardim
E nem implorar para que elas pousem em nossas mãos
Elas simplesmente voam...
E eu sei...
Depois que se escolhe o caminho
É quase impossível voltar para a estrada antiga...
Não é preciso colher mais as flores
Quando o horizonte se perde infinitamente
Desconexo em sentimentos vazios.
Eu tentei olhar para o sol por alguns minutos
E percebi que se eu insistir ele se rende
E queima mais por dentro do que as pessoas conseguem ver...
E eu sei
Que essa não é a escolha correta
Mas agora não resta mais nada
Além de borboletas solitárias
Voando em um jardim sombrio
E eu preciso fugir de mim mesma
Da história não concluída
E do sonho de simplesmente
Alcançar as borboletas...

2 comentários:

  1. "Elas simplesmente voam..." - incontestável verdade da vida. Certas horas temos de tomar essa decisão!!
    Ah, querida, quantas saudades, quando iremos nos falar novamente, tantas novidades!! Outubro está chegando hein! Mande notícias!!
    Beijao. Te adoro!

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.