0

Fugindo de Mim

As mãos lentas tentam acompanhar os pensamentos, mas eu me irrito e deixo pra lá... Seria melhor não ter acordado do que ficar nessa lerdeza para fazer tudo. Eu demoro 5 segundos para saber qual letra eu tenho q apertar... Tento praticar com os olhos fechados (igual quando eu fiz o teste de digitação com 220 toques por minuto) não consigo... desisto, desligo o pc emburrada como se a culpa fosse dele e vou ler... mas espera aí... Eu também não consigo ler, não processo tanta informação assim...
Porque diabos foram me acordar? eu só queria dormir... dormir...
ninguém entende.
Minha médica disse "Olha se você não se cuidar e não fazer a fisioterapia você não vai voltar a ser como antes. Tudo depende de você agora e algumas coisas você terá que reensinar teu cérebro como funcionava"
hahaha eu ri da cara dela... "tudo depende de mim?" vá à merda... Eu não quero mais nada apenas "dormir" e se depender de mim... Não me acorde de novo...
E ainda tive que aguentar o juizado de menores vir aqui na minha casa, isso mesmo... Ele teve coragem de vir até aqui para me "encher o saco" "Senhorita, precisamos preencher algumas fichas, já que você não estava com seus documentos quando deu entrada no hospital" - mas espera aí... Eu tenho 24 não sou de menor e porque essa palhaçada agora? - eu não tentei me matar... porque todo mundo olha pra mim como se eu estivesse tentado isso? porque as pessoas ficam boazinhas de mais? ahhhh eu não aguento isso... EU NAO TENTEI ME MATAR... Só queria dormir um pouco e as quase 48 horas seguidas não ajudaram muito não porque os pensamentos ainda continuam na cabeça... Atormentando... zuando em meu ouvido o desastre da minha vida...
Eu dormi as 20 e poucas ontem e acordei a pouco (me acordaram) não entendo... Minha mãe disse: "Filha (me chamando pelo nome) fica um pouco acordada, vai conversar com seus amigos no msn", mas ela não vê a lerdeza e o esforço que é digitar e ler o que as pessoas mandam... e também ela se esquece de um detalhe importante: eu não tenho mais com quem falar
Sim uma hora isso vai passar... é o que todos dizem. e é um mantra poderoso...
por hora esta doendo...
Quando os efeitos dos remédios começam a passar e os pensamentos voltam violentos na mente queimando tudo o que vem pela frente. As palavras saem engasgadas e as lembranças... bom nem preciso falar dessas malditas lembranças que insistem em roubar a cena. Eu percebo que a história se repete. A ansiedade por tomar mais um daqueles comprimidos me consome... sim... Eu preciso esquecer tudo isso, não consigo conviver com essa dor, não mais... Mas os comprimidos foram guardados (é sou uma criança de 24 anos e meus pais precisam colocar os medicamentos no alto) eles não entendem... e nem estão tão preocupados assim...
Agora essa dor me consome alucinadamente porque a solidão que fica entorpece cada milímetro de mim e sufoca, sufoca a culpa o desespero o adeus, o olhar vazio o sorriso perdido...
Estou sem esperança pra continuar, não consigo me mover... Eu preciso de algo quente que alivie toda dor e me faça perder minha mente por caminhos desconhecido, longe de mim mesma...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.