0

Sem Explicação


faz minha cabeça
O vento sopra frio pela janela
sinto o cheiro que vem dos ipês floridos
fora de época...
Será a primavera que chega mais cedo
ou as flores dos jardins que anseiam por partir?
Na vida não há mais explicação
mesmo que insisto em seguir...
Quero olhar para o horizonte
apenas para ver o sol se pôr
sem procurar vestígios do que ficou...
As canções continuam aqui
cantando a alegria que já não existe mais
lembro daquele tempo em que tudo virava história
e as palavras
não eram apenas palavras perdidas
como agora.
No frio dessa noite cinza
que desejo ter aqueles olhos
e o sorriso
que ficou na estação passada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É um prazer tê-lo (a) aqui.
Obrigada pela opinião e volte sempre.